Escolha seu café gourmet:

Cafeeiro, o que é cafeeiro?

O cafeeiro pertence ao grupo das plantas Fanerógamas, classe angiosperma, subclasse Dicotiledônea, ordem Rubiales, família das Rubiáceas, tribo Coffea, subtribo Caffeinae e gênero Coffea. Hoje, só duas espécies do gênero tem importância econômica: Coffea arabica L. (70% da produção mundial) e Coffea canephora Pierre ou robusta (30% da produção mundial). Ambas são culturas arbóreas, que começam a produzir de 3 a 4 anos após o plantio e tem uma vida útil de 20 a 30 anos. Embora só prosperem em zonas tropicais e subtropicais (temperaturas entre 18 e 26ºC), as duas espécies exigem diferentes condições de cultivo. O café não resiste a temperaturas abaixo de zero e requer uma precipitação de mais de 1500 mm por ano. Também, planta da família Rubiácea, sendo a espécie mais cultivada a Coffea arabica L., que tem seu centro de origem nas regiões montanhosas da Abissínia, ou seja, a região de Kaffa e Enária, que compreendem hoje a região sudoeste da Etiópia ao sudeste do Sudão e ao norte do Quênia. O cafeeiro é uma planta de porte arbustivo ou arbóreo, de caule lenhoso, lignificado, reto e quase cilíndrico. Os ramos são dimórficos, sendo o seu dimorfismo relacionado à direção dos ramos em seu crescimento. As folhas do cafeeiro são opostas, inteiras, coriáceas e persistentes, tendo coloração verde mais escura e brilhante na parte superior do limbo e mais clara e opaca, com nervuras salientes, na parte inferior. Nos ramos laterais e nas axilas das folhas são formadas as gemas florais que dão origem à floração e frutificação. As flores são normalmente brancas, podendo ser amareladas e rosa claro, são tubulosas, com a parte livre da corola dividida em glomérulos e abrem-se oito a dez dias após chuvas ou irrigação, tendo duração efêmera de 3 a 4 dias. O fruto do café é uma drupa, normalmente com duas sementes, que são plano-convexas, desde que não haja abortamento de um lóculo, formando-se, nesse caso, sementes arredondadas, chamadas de moca. O sistema radicular do cafeeiro é pivotante, as raízes finas são superficiais localizando-se, em sua maioria, até 30 a 40 cm de profundidade do solo.

Cafeeiro

Cafeeiro em fase de formação

Diz-se do período entre o plantio e a primeira produção, de grande importância para que se atinja o desenvolvimento equilibrado entre parte aérea e raízes, preparando-se assim os cafeeiros para futuras produções.

Cafeeiro em fase de produção

Diz-se do período desde a primeira produção até atingir a produção máxima, também designada de plena produção. A duração desta fase dependerá dos fatores ambientais e dos tratos culturais dispensados às lavouras. Tratando-se de uma cultura perene cujos custos de implantação são elevados, é importante que se propicie condições para que os cultivos atinjam seu máximo potencial produtivo e de qualidade através de métodos sustentáveis.

Cafeeiro novo em fase de plantio

Diz-se das plantas no momento ou logo após o plantio. Deve receber cuidado especial, pois é uma fase de aclimatação das plantas às condições de campo, portanto, mais adversar que as de viveiro.

Para saber mais: O que é café arábica?

<<Glossário do café

 


 

Cadastre-se em nossa loja virtual e receba os 10% de desconto

Nossos
Diferenciais

Café Gourmet
100% Selecionado

Preço Justo Café
Gourmet a R$ 36,00 KG

Frete Grátis
Já incluso

Compra Segura
PagSeguro UOL

Cupom de Desconto
Quero degustar